fbpx

Prevenção de perdas: como fazer o controle nos supermercados?

prevenção_de_perdas_supermercado
Tempo de leitura estimado: 4 minutos

É comum que os negócios lidem com perdas dos produtos nas lojas físicas. Em 2020, o setor supermercadista registrou uma perda de R$: 7,6 bilhões, segundo a ABRAS.

Porém, isso não pode ser negligenciado, já que impacta em uma cadeia de abastecimentos e gera inúmeros prejuízos. Logo, pensar na prevenção de perdas em supermercado é fundamental.

Para entender mais sobre a importância disso, imagine o que você poderia investir com o dinheiro evitado das perdas. E ainda, pense nas dívidas que podem ser pagas em dia com uma política de prevenção de perdas em supermercados. Além disso, a prevenção é uma postura que se alinha aos conceitos de sustentabilidade, satisfazendo a clientela preocupada com isso.

Você já entendeu a importância da prevenção de perdas em supermercados. A seguir, saiba tirar outras dúvidas sobre o assunto para atingir esse objetivo!

O que é a prevenção de perdas em supermercados?

Como o próprio nome sugere, a prevenção de perdas em supermercados visa otimizar o estoque de produtos ao evitar perdas de itens. Estas podem ocorrer por diversos motivos, como: 

  • furtos; 
  • quebras; 
  • roubos; 
  • deterioração; 
  • produtos vencidos; 
  • falhas administrativas; 
  • consumo no supermercado;
  • troca de etiqueta ou de embalagem;
  • etc.

Seja qual for a motivação da perda, os supermercados arcam com as consequências. Elas envolvem perda financeira, perda da produtividade e perda da gestão ou administração. Saiba mais sobre cada uma delas!

Perda financeira

Trata-se do impacto financeiro pelo supermercado não ter os itens investidos em estoque e nem o retorno financeiro com a aquisição deles. As principais causas para esse tipo de perda envolvem assaltos, furtos, inadimplência, erros no pagamento, fraude etc. 

Perda de gestão e administrativa

Falhas na gestão e na administração também se relacionam com perdas do supermercado. Por exemplo, se não houver o adequado monitoramento do estoque e itens se venceram, o negócio fica no prejuízo. A mesma lógica é válida para precificação errada, desabastecimento no estoque por desatenção e outros.

gestão de estoque para prevenção de perdas em supermercado

Perda de produtividade

Esse tipo de perda envolve o desempenho da sua equipe no supermercado, que pode não ter tido agilidade, eficiência ou foco necessários. Diante disso, erros podem ser cometidos e refações se tornam comuns. Então, é necessário redobrar a atenção quanto à delegação de tarefas e capacitação da equipe.

Como aplicar uma política de prevenção de perdas em supermercado?

Como foi possível notar ao longo da leitura, existem diferentes motivações por trás de perdas em supermercados. Seja como for, as consequências envolvem prejuízos financeiros e outros. Por isso, acompanhe a seguir algumas dicas de como aplicar uma política de prevenção de perdas em supermercados!

Treine os colaboradores

Conforme mencionado, a falha no desempenho da equipe pode contribuir para perdas em supermercados. Diante disso, treine os colaboradores com foco na prevenção de perdas no negócio. 

Além disso, certifique-se que toda equipe do supermercado participe dos treinamentos e que essa política se torne uma cultura empresarial. 

Afinal, do mesmo modo que todos podem ajudar a prevenir o problema, o erro de uma pessoa pode acarretar perdas. Contudo, tenha um foco especial na equipe de estoque, vendas, segurança, manutenção e limpeza. 

Essas áreas são as mais relacionadas às perdas de produtos, como mostra a já citada pesquisa da ABRAS. Então, a ideia dos treinamentos é contribuir para que os colaboradores incluam tais práticas naturalmente na rotina. 

Padronize os processos e identifique riscos

Você pode otimizar as demandas dos colaboradores ao padronizar os processos e identificar riscos. Isto é, a partir disso, fica mais fácil saber quais áreas precisam de cuidados redobrados e ações direcionadas. 

E ainda, ao padronizar os processos, os supermercados conseguem ter um maior controle do que ocorre e prevenir perdas. Assim, caso ocorram falhas, elas podem ser gerenciadas com maior direcionamento, para minimizar riscos de perdas.

Organize a gestão de estoque

Ao longo da leitura, citamos o exemplo de como a ineficácia na gestão de estoque também reflete em perdas para os supermercados. Isso porque, muitas vezes, esse espaço é organizado inadequadamente. 

Isto é, não existe destaque para os produtos mais populares, a averiguação não ocorre com frequência etc. Em alguns casos, a gestão de estoque ocorre manualmente, elevando as chances de erros que podem resultar em perdas dos itens. 

Para evitar isso, é importante que a gestão de estoque ocorra com ajuda da tecnologia. Ela é útil ao organizar, receber, posicionar e reposicionar os produtos. Logo, fica mais fácil encontrar os itens, saber quais ainda existem, os que são mais antigos e outras informações relevantes.

O gerenciamento da gestão de estoque com auxílio da tecnologia também é benéfico por evitar o desalinhamento da loja física com a virtual. Isto é, um produto X pode se mostrar disponível e pronto para aquisição pelo cliente no site, mas não existe no estoque. Então, é natural que os clientes não satisfaçam suas vontades e cancelem a compra. 

Invista em soluções de segurança

Como visto, a tecnologia é uma aliada na prevenção de perdas em supermercados. Isso pode ocorrer tanto na gestão de estoque quanto em soluções de segurança. É o caso de alarmes na saída da porta para evitar furtos, supervisão do ambiente, vigilância eletrônica e muitos outros.

Porém, não pense que as soluções de segurança precisam ser necessariamente uma tecnologia de ponta. Existem alternativas muito em conta que são úteis para evitar perdas. Por exemplo, coloque cartazes com avisos na loja sobre a vigilância por câmera para minimizar os riscos de assalto ou furto. E ainda, proteja produtos mais caros com caixas acrílicas, o que também previne a perda por quebra.

Como foi possível notar, a prevenção de perda em supermercado é essencial para minimizar os riscos existentes. Afinal, eles são inúmeros e pesquisas trazidas mostram que redes supermercadistas precisam redobrar os cuidados para que o prejuízo financeiro não seja maior. Especialmente em tempos de crise ou demais acontecimentos que exijam contenção de gastos, isso é essencial.

Então, conseguiu entender como é possível adotar uma política de prevenção de perdas em supermercados? Compartilhamos conteúdos estratégicos de gestão em supermercados frequentemente. Acompanhe nosso perfil no Instagram e fique de olho nas próximas atualizações!

Categorias
Compartilhe
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp