fbpx

Como otimizar o cadastro de produtos no e-commerce

Como otimizar o cadastro de produtos no e-commerce?

Como otimizar o cadastro de produtos no e-commerce

Só nos primeiros três meses de 2021 o e-commerce no Brasil alcançou, em faturamento, R$35,2 bilhões, segundo a pesquisa EQI 2021. 

O número revela um mercado promissor, mas nem por isso livre de desafios. Um dos mais relevantes, para os varejistas, é o cadastro de produtos, fundamental para que consigam atrair clientes e converter vendas.

Não é muito difícil entender o porquê isso acontece. Basta visitar o site de qualquer grande varejo: são milhares de produtos à venda, que precisam ser cadastrados e atualizados constantemente. 

Porém, as equipes responsáveis por realizar os cadastros esbarram em questões como capacidade e recursos limitados para reunir um alto volume de informações que, geralmente, não são centralizadas.

Não por acaso, pesquisa realizada pelo Serviço de Proteção ao Crédito (SPC) mostrou que o cadastro de produtos no e-commerce é um dos grandes gargalos da operação no segmento. 

Diante disso, como otimizar esse processo e garantir a melhor experiência de compra ao consumidor no e-commerce? Continue lendo o texto para descobrir!

Cadastro de produtos: por que é tão importante no e-commerce?

O cadastro correto de produtos é importante por vários aspectos. Quando feito corretamente, ele gera impacto positivo na atração de visitantes ao seu site, na conversão de vendas e na maior satisfação do consumidor.

Impacto nas vendas: da atração à conversão

O cadastro de informações – feito dentro das técnicas de SEO – ajuda a otimizar o ranqueamento das páginas em mecanismos de busca. 

Como consequência, os seus produtos ganham mais visibilidade e o seu site passa a atrair mais visitantes – o primeiro passo para conquistar aumento em vendas.

Da mesma forma, o cadastro correto de produtos permite que, uma vez dentro do seu site, o consumidor encontre-os com mais facilidade. 

Mas não é só na etapa de atração que o cadastro de produtos faz diferença. Quando o cliente está na fase de consideração da compra, ele é igualmente fundamental!

Na loja física, o consumidor geralmente conta com a figura do vendedor para tirar todas as dúvidas acerca do produto que está interessado. No e-commerce quem cumpre esse papel é o conteúdo. Quanto mais completo e didático ele for, mais útil será para apoiar na decisão de compra do seu cliente.

Você sabia que 53,1% das pessoas que não encontram a informação que querem na página de vendas acabam procurando o produto em outro site? O dado, da Opinion Box, Lett e Rakuten, reforça a importância de dar atenção à etapa de cadastro.

Melhora na experiência do cliente

Vamos imaginar que uma consumidora encontrou um produto na sua loja, como um hidratante para cabelos, e na descrição informava que o peso era de 500 ml, mas ao recebê-lo em casa, ela verificou que o peso era de 450 ml. Naturalmente, essa consumidora se sentiria frustrada, certo?

Isso pode acontecer caso o cadastro de um item não seja atualizado. Nesse caso, é um tipo de alteração que vem notificada na embalagem, mas não necessariamente causa mudança no preço. 

Diante dessa situação, é compreensível que a consumidora reclame e peça a devolução do produto ou não retorne para novas compras no futuro. 

Ambas as decisões geram transtornos para a loja e decorrem de uma experiência ruim, que poderia ter sido evitada caso não houvesse a falha de atualização nos cadastros.

Como otimizar o cadastro de produtos?

Embora, muitas vezes, os e-commerces esbarrem em gargalos operacionais para realizar o cadastro de produtos, o fato é que eles são cruciais para ajudar a alavancar vendas. 

A pesquisa EQI avalia 5 atributos presentes nas páginas de produto – dentre os quais, 3 estão relacionados à etapa de cadastro. Veja a seguir como utilizá-los a favor do seu negócio!

Faça descrições completas 

Aqui vale a clássica frase “consumidor em dúvida não compra”. Para evitar o temido abandono de carrinho, invista em descrições detalhadas dos produtos. Apresente informações técnicas e aprofundadas para ajudar o seu cliente a tomar a decisão de compra. 

A EQI 2021 apontou que as descrições devem conter, no mínimo, 300 caracteres. As mais completas trazem, pelo menos, 900 caracteres, também segundo a pesquisa. Portanto, vale a pena considerar esses parâmetros ao preencher os dados do produto. Nesse caso, menos não é mais!

Dê importância às imagens

No e-commerce o consumidor não tem a possibilidade de tocar e ver os itens da loja pessoalmente. Portanto, as imagens são um fator muito importante para que ele consiga avaliar o produto e ter segurança na escolha do mesmo. 

Ter 3 ou mais imagens é o ideal, segundo a pesquisa EQI. Dessa forma, ao realizar o cadastro, não se limite à imagem principal. Busque fotos que sejam complementares e deem uma visão 360º ao consumidor. Até mesmo gifs e vídeos podem ser utilizados! 

Ao disponibilizar imagens em boa qualidade e que deixam cada item em evidência, você não só aumenta o interesse no produto, mas também está proporcionando uma experiência melhor para o seu consumidor no e-commerce.

Categorize os produtos corretamente

Esta etapa é ainda mais importante para as lojas virtuais que vendem itens de diferentes naturezas. Podemos citar como exemplo positivo o Supermercado Centerbox – cliente da Mercadapp, que costuma ter um menu de categorias de produtos que se aproxima da ordem da loja física.

Centerbox supermercadosPor isso, certifique-se de que, na sua loja, os produtos estejam sempre categorizados de forma correta.

Em suma, fazer esse processo com o devido cuidado é imprescindível para dar mais visibilidade aos produtos, pois ajuda o consumidor a encontrá-los com mais facilidade dentro da sua loja virtual.

Fale com um consultor Mercadapp

Crie títulos descritivos

Os títulos são outro fator que pode impactar na visibilidade dos produtos. Segundo a EQI, o ideal é que os títulos contenham de 20 a 100 caracteres. A pesquisa revela que, no setor de Saúde, Higiene e Beleza a média é de 55, um resultado bastante positivo. 

Para que a sua loja não fique para trás nesse quesito, busque construir títulos descritivos e sempre leve em conta técnicas de SEO para ter melhores resultados nas buscas orgânicas.

Como fazer todos esses cadastros de forma ágil e inteligente?

 Como vimos, são muitos fatores que precisam ser contemplados para o cadastro de produtos. Felizmente, o mercado hoje disponibiliza soluções que tornam os processos mais otimizados e inteligentes para as equipes responsáveis por este trabalho.

Ferramentas como o Catálogo Digital de Produtos permitem que, de uma só vez, seja feito o compartilhamento de todas as informações para varejistas e distribuidores. Muito mais simples, não é mesmo?

Mas não é essa a única vantagem. Outro grande benefício é a atualização em tempo real dos dados. Assim, elimina-se o risco de imagens, títulos, descrições técnicas, palavras-chave, entre outras  informações estarem incorretas nas páginas de produto. 

Na prática isso significa menos transtorno para os lojistas e mais segurança para o cliente. Para as equipes de cadastro, contar com soluções como esta significa menos trabalho manual, menos sobrecarga e tempo muito mais bem utilizado! 

Com tantos benefícios, certamente você agora quer conhecer mais dessa ferramenta, certo? Então solicite uma demonstração e comece já a tornar o cadastro de produtos muito mais otimizado no seu negócio!