fbpx

As 9 categorias que mais vendem no E-commerce dos supermercados

9 Categorias que mais vendem no e-commerce

Para quem vai iniciar as vendas por meio do e-commerce próprio, uma dúvida recorrente é:
“Devo cadastrar todos os produtos que tenho no meu e-commerce?” 

A resposta é que alguns produtos podem não ser estratégicos para se ter no e-commerce do seu supermercado, como por exemplo: produtos que são vendidos na unidade em sua bomboniere.

Mas antes, é importante você entender:

O que é mais assertivo na hora do cadastro?

Para que haja um reflexo próximo ao que sua loja vem apresentando de resultados em venda, é recomendado fazer um levantamento dos produtos ativos dos últimos três meses para que os mesmos itens sejam cadastrados em sua loja virtual.

A nossa assessora de implantação Ana Carolina ressalta que além desse processo de conferência, é importante haver um cruzamento entre os produtos cadastrados e a listagem das categorias de produtos que mais saem no e-commerce.

Para te ajudar, selecionamos as 9 categorias que mais vendem no e-commerce dos supermercados parceiros da Mercadapp e alguns dados relevantes de cada categoria que te ajudará a entender quais os produtos que não podem faltar para seus clientes na sua plataforma de venda online. 

Aplicativo para supermercados

Confira a lista das categorias que mais vendem no e-commerce dos supermercados: 

#1 Carnes

Mesmo com a alta no preço da carne, a categoria de alimentos representou no aplicativo a liderança dos itens mais vendidos. 

Um fator que auxilia no processo de decisão de compra do item deve-se à variedade ofertada dentro dos aplicativos dos supermercados parceiros. 

Além disso, soma-se o fato do cliente ter a possibilidade de deixar a observação de corte, o que deixa a experiência de compra ainda mais próxima do cliente.

#2 Aves

Como mencionado,  o aumento do preço das carnes bovinas ocorrida em 2021, fez com que outra categoria de alimento tivesse uma alta de compras: as aves. 

O frango, vendido na variedade de bandejas – com diversos cortes, hoje apresenta um preço médio de mercado de R$: 7,69 – segundo a cotação feita pelo portal Notícias Agrícolas.

#3 Hortifrúti

As frutas entram no top 3 das categorias mais vendidas no aplicativo. 

A categoria, que é vendida a granel ou por unidade dentro do aplicativo, dá a oportunidade dos clientes escolherem como querem receber as frutas – da forma mais direto para o consumo ou se gostaria de recebê-la ainda em amadurecimento, como no exemplo:

Personalização do pedido - categoria de vendas: hortifruti

As mensagens personalizadas que aparecem durante a seleção das frutas – como o exemplo da imagem acima, ajudam ao cliente na seleção dos itens e também orientam o responsável pela separação na escolha dos itens.

Reforçamos sempre que deve haver um cuidado redobrado quando se diz respeito a seção de hortifrúti, pois qualquer dano ao produto durante a separação ou trânsito até a casa do cliente pode gerar transtornos e uma quebra de expectativas por parte deles.

#4 Bebidas alcoólicas

Estar em casa – no período mais crítico da pandemia, não impediu que os consumidores comprassem bebidas alcoólicas, pelo contrário a categoria foi um dos destaques.

Segundo uma matéria veiculada em maio deste ano, pelo portal G1 de notícias, o consumo de bebidas alcoólicas migrou para casa dos brasileiros, chegando a representar um crescimento de 5,53% em 2020.

Muitos supermercados, dentro de seus aplicativos, fizeram ações exclusivas como: criação de banners clicáveis, ofertas direcionadas para clientes por meio das notificações push e utilizaram das lives de cantores que aconteceram durante o período para potencializar a comemoração dentro de casa.

#5 Legumes

Segundo uma análise feita pelo diretor do Supermercado Comper Maurício Almeida, a preocupação com a saudabilidade dos alimentos que as pessoas consumiam foi um dos fatores para o favorecimento das vendas dos legumes logo em 2020. 

No caso do aumento das vendas dentro do aplicativo, soma-se o fato das variedades de legumes e também como os supermercados vêm divulgando os dias específicos de vendas dos produtos em sua plataforma: seja por meio do direcionamento por banners clicáveis ou com a inserção dos produtos na aba ofertas, logo na tela inicial. 

#6 Laticínios

O leite, um dos insumos para a produção de diversos produtos da categoria de laticínios, apresentou um crescimento expressivo nas vendas no Brasil.

A Embrapa pontuou em agosto de 2020 um aumento no valor do leite pela demanda acima da média por parte dos consumidores brasileiros e que mesmo com o aumento dos valores médios de venda (chegando em alguns Estados em até R $3,42) o mercado manteve resultados positivos.

#7 Mercearia

A categoria de itens de mercearia contempla: temperos, produtos rotineiros e alguns molhos também teve seu destaque.

A mudança na rotina trouxe novamente o hábito de se alimentar em casa, o que fez com que os brasileiros passassem a fazer as principais refeições em casa, porque o “comer fora” não era mais uma opção recorrente para as pessoas.

Alguns supermercados parceiros utilizam das suas redes sociais para dar dicas de receitas e com isso gerar oportunidades de vendas

No caso no Supermercado Telefrango, a dica é feita neste formato:

Dica Instagram Telefrango com categorias que mais vendem

#8 Produtos de limpeza

Outro destaque das categorias que mais vendem foi a de produtos de limpeza.

Com a necessidade constante da higienização, orientadas pelos principais órgãos de saúde, as pessoas no geral passaram a lavar mais as mão e também roupas – para evitar o risco iminente de contaminação pelo coronavírus.

Segundo o Diário do Comércio, a Associação Brasileira das Indústrias de Produtos de Higiene, Limpeza e Saneantes de Uso Doméstico e de Uso Profissional (Abipla) projeta um aumento de 3% nas vendas no setor para este ano.

#9  Padaria

Por último, mas não menos importante: os produtos de padaria. Nessa categoria os produtos são: pães, bolos, torradas, pizzas, entre outros itens.

Segundo o SEBRAE 98% dos brasileiros consomem produtos panificados. Este é um setor que abre a possibilidade que  o supermercado incremente sua receita por meio de produtos com fabricação própria, como o pão.

No caso do aplicativo a ideia é a mesma: dar a oportunidade ao seu cliente de usufruir de uma seção com produtos diferenciados e produzidos pela sua loja. 

Conseguiu entender quais são as categorias que mais vendem dentro do aplicativo?

A importância de um benchmarking com especialistas no varejo supermercadista é tão importante quanto ter essa lista de produtos acima. 

É por isso que a Mercadapp consegue te ajudar nesse processo de implantação do seu e-commerce próprio, pois possui profissionais especializados para fazer o levantamento dos produtos mais vendidos e traçar a melhor estratégia de vendas para o seu supermercado.

Entre em contato com nosso time de consultores.