fbpx

As 5 dimensões do varejo do futuro

Tempo de leitura estimado: 4 minutos

Para entender um pouco mais sobre o varejo do futuro é fundamental observar o mercado atual e monitorar as tendências que surgem na área constantemente. Se você já está por dentro das tendências que surgiram no período da pandemia e o crescimento acelerado da transformação digital nos mais diferentes setores, provavelmente sabe da importância do mercado online neste contexto.

Além de buscar segurança, praticidade e boas experiências nos processos de compra, um dos comportamentos do consumidor moderno é justamente usar a tecnologia para facilitar a rotina diária, ter mais tempo para outras atividades, além de conseguir a possibilidade de achar exatamente o que procura (incluindo aqui uma busca pelo preço ideal, qualidade desejada ou mesmo frete adequado).

Neste artigo, reunimos 5 dimensões do varejo do futuro. Assim, você consegue ter insights preciosos para que o seu negócio impulsione os resultados ao mesmo tempo em que entrega aquilo que o público espera. Veja como o atendimento humanizado é um dos pontos esperados pelo seu cliente e adapte sua estratégia com as atualizações no setor dos supermercados.

1. O varejo do futuro está pronto para experiências personalizadas

A padronização do atendimento virtual é uma das características buscada por um grande número de empresas. Conseguir se posicionar com uma personalidade própria no mercado ajuda a aumentar os pontos de lembrança da marca, além de melhorar o relacionamento com o público. Entretanto, o consumidor não procura seu negócio para saber mais sobre ele, pelo contrário, a tendência é que ele queira ser ouvido.

Neste sentido, uma das principais estratégias esperadas no varejo do futuro é o cliente como centro das ações. Criar experiências personalizadas é uma solução para aumentar a conversão e melhorar o nível de satisfação do seu público. Para isso você pode:

  • Usar campos personalizados como nome do cliente em plataformas como em e-mails e respostas em redes sociais;
  • Apresentar produtos de acordo com o histórico de navegação do usuário no site;
  • Criar campanhas personalizadas para cada tipo de público.

2. Outra dimensão está voltada para o mercado online

Mesmo que os supermercados físicos ainda tenham um volume de vendas expressivos, o supermercado virtual é uma resposta muito importante para a atualidade. Com a pandemia Covid-19 as pessoas precisaram encontrar soluções que facilitassem o processo de isolamento social. Um dos pontos que surgiu nesse sentido foi confiar mais na internet para diversas ações, principalmente a realização de compras.

Se antes nem todos os perfis de público compravam pela internet, a partir de agora até mesmo o smartphone é considerado uma fonte confiável para fechar um pedido ou acessar o internet banking. Nessa tendência, itens básicos como os do supermercado, drogarias e sacolão também entraram para o mundo virtual. Agora até mesmo gerações como os Baby Boomers estão se familiarizando com o universo digital.

Isso não significa que você precisa fechar as portas do seu estabelecimento e se transformar em uma dark store. Entretanto, é importante pensar nesse novo hábito indica o quanto é importante apostar na transformação digital da empresa.
mudança_de_hábitos_de_consumo_atual

3. A experiência omnichannel impulsiona os resultados

Outra solução interessante para o varejo nos próximos anos será a capacidade da marca de criar coerência nos mais diferentes canais. Se antes a empresa tinha principalmente sua loja física para trabalhar o contato com o consumidor, agora são os mais variados meios de comunicação como telefone, e-mail, redes sociais e chat no site da marca.

Um problema que vem acontecendo é o das marcas não facilitarem a comunicação interna, o que gera incoerência no relacionamento com o consumidor. A estratégia omnichannel tem o objetivo de facilitar essa integração entre os mais diferentes canais. Dessa forma, toda vez que o usuário fizer contato, ele sentirá que está falando com a mesma empresa.

Para isso, é importante que a empresa conte com soluções como uma plataforma integrada para acompanhar abandonos de carrinhos e status de pedidos do cliente. Outro ponto para garantir uma boa estratégia omnichannel é oferecer situações como:

  • Compre pelo site e retire na loja;
  • Faça sua compra virtual e troque nas lojas físicas caso seja necessário.

4. O foco nas entregas rápidas e frete grátis estão na pauta

Imagine a seguinte situação: um cliente acessa seu mercado online e descobre que vocês têm o item desejado. Entretanto, ao calcular o frete de entrega, ele percebe que o valor é muito maior que a média. Isso faz com que ele não finalize a sua busca, que também está relacionada com o modelo de entregas.

Em outra situação, o tempo de espera pode ser maior que o nível de urgência do cliente. Nesse cenário, mesmo uma oferta com frete grátis pode se transformar em algo indesejado pelo usuário.

Alguns dos supermercados que já contavam com lojas físicas provavelmente já tinham um sistema de entregas, então, vale usá-los como exemplo para se atentar a alguns processos dessa jornada como a criação e treinamento de parte do time para separar os pedidos. Lembre-se também de incluir a previsão de entrega — contabilizando o tempo de separação do pedido.

5. A mescla entre o off-line e o online é uma excelente solução

Além das possibilidades apresentadas pelo omnichannel, que está mais focado na centralização dos canais de venda, o atendimento e a integração entre os membros da equipe é outro fator para garantir uma boa experiência de compra do usuário. Para que isso aconteça, é importante contar com um conjunto de práticas como:

  • Realização periódica de capacitações e treinamentos;
  • Dinâmicas e outras vivências com os colaboradores para incentivar a interação entre eles;
  • Mapeamento de todos os processos online e todos off-line para entender em quais pontos fica mais adequado a troca de um ambiente pelo outro.

Como você deve ter percebido, para garantir um lugar especial no varejo do futuro é preciso contar com 2 fatores muito importantes. O primeiro deles é a digitalização do negócio e o segundo está relacionado com a humanização do atendimento. Hoje em dia, mesmo que as lojas tenham à disposição uma base de dados com um alto volume de informação , é preciso mapear todos os processos e encontrar soluções para cada uma das mais variadas etapas.

Se você gostou deste texto e achou relevante, compartilhe ele com seu time e garantam os melhores materiais sobre supermercados online e estratégias de sucesso para esse modelo de negócio!

Categorias
Compartilhe
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp