fbpx

A compra online nos supermercados chegou a crescer 33,9% em 2021

compra online nos supermercados cresceu
Tempo de leitura estimado: 4 minutos

Já vínhamos comunicando que a compra online, em um parâmetro geral, haviam tido um crescimento no primeiro trimestre de 2021 de 57,4%. Isso já nos dava uma prévia do que estaria por vir.

Mas e especificamente para o varejo supermercadista, houve algum crescimento, ou o e-commerce para supermercados era uma tendência isolada que despontou em 2020 por conta da crise sanitária da Covid-19? 

Neste artigo reunimos alguns dados específicos sobre nossa performance de vendas online em 2021, onde apresentaremos os principais pontos de crescimento na operação online e quais são os produtos queridinhos do e-commerce para os clientes do varejo supermercadista. Acompanhe!

Principais indicadores analisados

Por mais que 2020 tenha sido um ano de ascensão das compras online, 2021 nos demonstrou que o cliente não largará tão cedo da comodidade que é pedir de onde está e no horário que puder.

Para analisarmos os resultados obtidos nas vendas on-line dos supermercados em 2021, partimos dos indicadores chaves:

I – Comparativo de receita em vendas no ano de 2020 X 2021;

II – Quantidade de pedidos no e-commerce dos supermercados em 2021;

III – Ticket médio dos pedidos;

IV – Protagonistas do aumento nas vendas online dos supermercados. 

 

I – Comparativo de receita em vendas no ano de 2020 X 2021

Em 2020 vivenciamos o boom das compras online em supermercados, para a Mercadapp foi um ano intenso de novos clientes e muita mudança em um curto espaço de tempo. Foi em 2020 que os nossos clientes bateram o primeiro recorde em vendas, chegando a 1 milhão, mal sabiam eles que isso representava apenas o início.

2021 chegou, com resquícios ainda do ano anterior, com a previsão de que a vacinação iniciaria e traria novamente um ar de retomada para o comércio e mesmo a passos mais lentos ela chegou.

Porém, mesmo com os avanços em 2021, relativos à vacinação e a retomada do comércio, o crescimento da receita de vendas do e-commerce dos supermercados foi de um aumento de 33,99%, chegando a superar o ano de 2020 que impulsionou as compras online nos supermercados.

II – Quantidade de pedidos no e-commerce dos supermercados em 2021

Com relação a quantidade de pedidos feitos no e-commerce dos supermercados parceiros da Mercadapp, o total de pedidos feitos chegou a casa dos 720 mil somente em 2021, com uma alta específica nos meses de março à abril – dado momento em que em algumas cidades o lockdown foi decretado como medida de contenção da pandemia.

Comparado a 2020 o crescimento foi de 39,64% no aumento dos pedidos em 2021, pois além dos supermercados já estarem mais acostumados com a nova tecnologia de vendas, somou-se o fato de um novo perfil de consumidores cada vez mais digitais e focados em experiências únicas, como afirma a pesquisa conduzida pela PwC

III – Ticket médio dos pedidos

Sabemos que não foi um ano fácil para a economia brasileira no ano de 2021, diversos setores foram impactados com a alta dos preços, principalmente pela redução do poder de compra do consumidor. 

O varejo supermercadista, mesmo passando por um ano intenso com a instabilidade econômica, chegou ao final de 2021 com uma previsão de crescimento de 0,25%. Com campanhas intensas de outubro a dezembro, vimos o varejo supermercadista chegar a um ticket médio de R$: 208,00 durante a Black Friday e somar uma receita total 22% maior que a de dezembro de 2020.

O desafio das vendas online foi em alguns aspectos superado pelos supermercados que esse ano investiram em intensas campanhas de atração e fidelização do consumidor online.

aumente_as_chances_de_vender_no_supermercado

IV – Os protagonistas do aumento nas compras online dos supermercados

Lembra que em agosto, logo no início do segundo semestre trouxemos aqui no blog um artigo com as 9 categorias de produtos que mais venderam no e-commerce?

Essas foram algumas das categorias que tiveram destaque no ano de 2021, porém trouxemos uma atualização mais recente desses produtos, confere o Top 10:

1 – Bebidas (Cerveja e Bebidas lácteas);

2 – Mercearia (Flocão de milho);

3 – Óleos (Vegetais);

4 – Mercearia ( Açúcar);

5 – Mercearia (Café);

6 – Limpeza (Água sanitária);

7 – Laticínios (Leite longa vida, creme de leite e leite condensado);

8 – Cereais (Arroz branco);

9 – Cereais (Açúcar);

10 – Massas (Macarrão).

Conseguimos observar que parte do Top 10 dos pedidos são itens que compõem a cesta básica, exceto a bebida alcoólica.

Nesse aspecto é importante ressaltar que esses itens são os considerados essenciais para o seu cliente no e-commerce, portanto: nada de deixar esses itens de fora do seu cadastro em 2022, hein?

Para 2022, o que esperar da compra online?

Para o nosso CEO Gabriel Gurgueira o item mais valioso para 2022 é a moeda do tempo:

“No online a ‘moeda tempo’ tem se mostrado cada vez mais um diferencial. Atender o cliente com uma entrega rápida bem como dentro de entregas agendadas em lacunas cada vez mais precisas têm por vezes sido o fator de diferencial para alguns clientes. O desafio aqui está em ter estrutura logística, seja própria ou de parceiros, para conseguir atender o cliente dentro de suas necessidades, e não simplesmente dentro da capacidade atual da loja.”

Nesse aspecto 2022 exigirá entregas cada vez mais rápidas até o cliente e isso com bastante organização e uma tecnologia que facilite esse processo.

Esse reflexo já vem sendo notado nos pedidos feitos pelos consumidores do e-commerce, pois atualmente a modalidade de entrega express tem uma participação média de 16% nos pedidos totais, como você tem trabalhado isso no seu e-commerce?

2022 já possui um ‘terreno preparado’ para ser o ano das experiências omnichannel, visto que o cliente está cada vez mais atento e antenado às novas formas de consumir, com isso o preparo e o planejamento se tornam itens essenciais nesse percurso.

Seu supermercado ainda não conta com uma plataforma que integra e proporciona uma boa experiência ao seu cliente? Está na hora de melhorar sua performance online, fale agora mesmo com um de nossos consultores.

Categorias
Compartilhe
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp